Quantos anos levaria para o Brasil se tornar uma Suíça?

Instagram
Compartilhar no Whatsapp


Estamos vendo no Espírito Santo o caos instaurado. Pessoas comuns, possivelmente até do seu convívio social, se aproveitando de uma porta de uma loja de departamento que foi arrombada por algum bandido, para mostrar o que o brasileiro tem de pior. Com o ímpeto de tirar vantagem, no melhor estilo malandro brasileiro, saqueiam lojas lado a lado com aqueles que eles tanto abominam. Pessoas comuns, com bons carros, bem vestidas mas que não conseguiram resistir a tentação ao verem uma loja aberta (lê-se arrombada), com os produtos nas prateleiras e sem nenhum policiamento ou controle que as impedisse de pegá-los para si.

Sempre que eu viajo eu gosto de observar como é o comportamento social dos locais. Fico atento aos mínimos detalhes, reparando em como convivem em sociedade, se relacionam, quais seus valores, seus costumes e, inevitavelmente, traçando um paralelo com o Brasil.

Na Itália, por exemplo, não existe cobrador de ônibus e o motorista não controla quem entra. Eu comprei um bilhete de ônibus válido por 3 dias e usei bastante ônibus por lá, e em nenhum momento alguém veio conferir. Na Suíça, não tem catraca no metrô nem na entrada nem na saída. Você compra o bilhete, entra no metrô e pronto. O controle está na sua consciência. Na Bélgica a mesma coisa. Na Escócia, você entra no ônibus, deposita as moedas em um recipiente e pronto, ninguém confere, ninguém questiona.

Em alguns países da Europa você entra em um supermercado, pega os produtos, passa no caixa e… NÃO TEM CAIXA! Você mesmo passa os produtos no leitor de código de barras, paga com cartão ou dinheiro e pronto. Sem ninguém para controlar o que você está comprando, apenas uma pessoa que você pode chamar para te ajudar a operar a máquina, mas nenhum controle. Na foto principal do post, sou eu fazendo uma compra destas na Suíça.

A Suíça é um país muito antigo. O início de sua formação se dá por volta de 500ac com tribos Celtas que começaram a chegar pela região. Depois de longos anos se desenvolvendo, teve sua independência em 1291, cerca de 200 anos antes do Brasil ser descoberto. Mas será que isto significa que levaríamos ainda 200 anos para chegarmos onde a Suíça chegou?

A Austrália, por exemplo tem o segundo melhor IDH do mundo, a frente da Suíça (3ª. colocada) e é um país jovem, colonizado em 1803 e independente desde 1901, ou seja, somos praticamente 300 anos mais antigos que a Austrália, se considerarmos o país após sua colonização. Logo, não podemos dizer que o tempo de existência de um país irá garantir sua evolução cultural e social.

Brasileiros que não são “criminosos de carreira” se aproveitaram de 48 horas sem policiamento para saquearem supermercados e até mesmo pequenas lojas e cometerem diversos outros delitos que, para eles, são vistos como uma vantagem moral, uma esperteza.

Quanto tempo precisamos para convertermos uma mente que vê como vantagem ser um delinquente, para uma mente que vê como vantagem ser honesto? Quantos anos levaria para que os supermercados não tivessem caixa e as pessoas entrassem, pegassem seus produtos e passassem no caixa realizando o pagamento sem nenhum controle ou fiscalização? Assim como em diversos países desenvolvidos.

Segundo Jim O’Neill, economista criador dos Brics, o Brasil tem grandes chances de se tornar um país Desenvolvido até 2030.

Economicamente ele pode até estar certo, mas em termos de honestidade, educação e respeito, sinceramente, acho que não viverei para ver este dia chegar.

Instagram


Instagram