MORAL DA HISTÓRIA

Instagram
Compartilhar no Whatsapp


Estes dias alguém postou um comentário em um dos posts que eu fiz dizendo “Qual a moral da história?”. Se referindo ao fato de eu não tocar mais tanto, ou quase nada, nos assuntos do meu passado, de toda a dor e sofrimento que tive a cerca de um ano atrás, quando minha esposa faleceu. Senti que ela queria que eu falasse mais sobre a dor, sobre tristeza, sobre luto, sobre morte. Eu senti que ela queria que eu estivesse vestido de preto, chorando pela casa e falando em desistir da vida. Talvez trancado num quarto escuro, com três dias de banho atrasado e assistindo o filme do casamento repetidamente, só prá sofrer mais e mais.

São dezenas de milhares de pessoas que me seguem aqui no Facebook, e por isto, é natural que nem todos concordem ou entendam como eu ajo frente a tudo o que me aconteceu. Mas também é fato é que a grandíssima maioria dos que me seguem, me entende, me apoia e me estimula a seguir em frente, cada dia.

Junto com toda esta recuperação do luto e recomeço, eu quis me desafiar ainda mais, e combinei com todo este processo uma luta contra a balança. Eu estava 40kg acima do meu peso saudável, e ao longo de todo este período eu já eliminei 32kg, faltando apenas 8kg agora para eu chegar na minha meta.

Para muitos, ter forças para emagrecer, lutar contra a vontade de comer, ter esta determinação, é algo muito difícil, e desistem no caminho. Para qualquer ser humano, ter forças para lutar contra uma grande perda, a morte de um ente querido, da sua esposa ou esposo, exige muita determinação, muita força, e muitos desistem no caminho. E eu resolvi fazer estas duas coisas juntas, e não desisti no caminho!

Eu sou forte, eu sei disto. Eu aguento muita pancada. Sou muito resiliente. Caio e levanto quantas vezes forem necessárias. Mas isto não significa que eu não sinta, que eu não sofra, e que cada golpe tomado não doa, que não sangre, não deixe marcas. Eles doem como em qualquer pessoa.

Eu sei que cada pessoa é diferente, cada um tem a sua história, sua forma de enxergar a vida. Mas eu sei, e posso afirmar isto pois eu descobri isto em mim: Nós somos capazes de coisas inimagináveis! Nós temos, dentro e nós, uma força capaz de superar qualquer obstáculo. E quando esta força não é suficiente, Deus a recarrega.

Não sei qual é o desafio da sua vida, não sei qual é o grande obstáculo que você quer superar. Não sei o que te impede de conseguir esta vitória, mas eu sei que você pode. Eu consegui, eu estou conseguindo e eu vou conseguir, e você também pode!

Sim, é possível vencer o luto e ser feliz novamente. Sim, é possível emagrecer 32kg e ter saúde, disposição e autoestima renovada. Sim, é possível seguir em frente.

Pessoas irão surgir para te desanimar, para te jogar prá baixo e para duvidar da sua capacidade. Irão te julgar, menosprezar e duvidar de seus sentimentos.

Mas sempre terão aqueles que irão te apoiar, que irão te levar prá frente, que irão acreditar em você, que irão rir com você, chorar com você, orar com você. Sempre terão as pessoas do bem, e elas serão sempre a maioria.

Na minha história, a moral é de que é possível sim ter forças para lutar, superar grandes desafios, e voltar a ser feliz. E se a minha história, de pessoa comum como você, foi escrita assim, a sua também pode!

Abraços

Post original no Facebook, comentários apenas lá:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152271179182099&set=a.10150090454292099.272860.710597098

Instagram


Instagram