Neste dia, há um ano…

Instagram
Compartilhar no Whatsapp


Você pode não se lembrar onde estava, com quem estava e o que estava fazendo exatamente há um ano. Talvez tenha sido um dia super comum de trabalho, daqueles que são iguais e entediantes, mas para mim não foi, e eu me lembro de cada segundo, cada minuto deste dia.

Neste dia eu ouvi a voz da Fabi pela última vez. Nós andamos de carro juntos pela última vez. Nós almoçamos no shopping pela última vez. Nós conversamos e rimos pela última vez. Eu a acordei com um beijo no rosto pela última vez. Eu ouvi ela me chamar de “gatinho” pela última vez. Eu dividi a cama pela última vez. Ela usou nossa aliança pela última vez.

Neste dia, há um ano, eu senti o que era ter a vida da pessoa que você mais ama em suas mãos, fazer a sua parte, mas ver que nem tudo depende de você. Neste dia eu recebi notícias terríveis, e também dei notícias terríveis. Neste dia eu senti medo como nunca tinha sentido.

Neste dia, há um ano, eu a abracei pela última vez, e não foi qualquer abraço, foi o abraço que a trouxe de volta a vida, após uma parada cardiorrespiratória em nossa cama, na minha frente. Foi um abraço tão forte, tão desesperador, que pressionou meu corpo contra o dela tão intensamente, que fez com que ela voltasse a respirar e ganhasse assim mais alguns dias de vida, dias estes que foram difíceis, terríveis, mas ainda bem que existiram, pois eu pude viver mais alguns dias com ela e fazer coisas que, neste dia, há um ano, eu não tinha feito.

A Fabi foi um presente que eu recebi de Deus, e eu pude viver com ela por quase 9 anos, e este dia, há um ano, foi o último dia que eu estive com ela plenamente, já que nos próximos dias foram num hospital com suas restrições.

Eu não sei como fica o amor por uma pessoa quando se divorcia, mas eu sei como fica o amor por uma pessoa quando ela é tirada de sua vida, enquanto você a ama intensamente.

O amor se converte num sentimento de muito carinho, uma saudade tremenda, e um desejo e uma determinação de nunca esquecer a pessoa. Não é mais amor, mas é algo tão especial quanto, e que ficará para sempre guardado em mim.

Neste dia, há um ano, tudo o que eu tinha, vivia e era, começou a desmoronar ao ponto de se tornar apenas pedaços espalhados pelo chão. Pedaços estes que eu venho recolhendo, juntando, consertando e guardando, mas que vira e mexe, ainda encontro algum pedaço pelo chão.

Estou certo de que os dias irão se passar e a intensidade destes sentimentos irá diminuir. Mas eu sei que este sentimento que ficou, este carinho, esta saudade, que antes era amor, vai continuar, porque é parte de mim e parte de quem sou, hoje, ou como era neste dia há um ano.

Abraços,


Post original no Facebook, comentários apenas lá

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152340301242099&set=a.10150090454292099.272860.710597098&type=1&theater

Instagram


Instagram