Privado pelo medo

Compartilhar no Whatsapp


Você percebe que está sendo privado pelo medo quando a única coisa que te impede de realizar algo que você deseja é você mesmo.

Meu pai adora a natureza, passa horas do dia assistindo documentários, vídeos, lendo livros e tudo o quanto puder consumir sobre a natureza. Conhece várias espécies de animais, sabe como vivem e suas peculiaridades. Tem centenas de DVDs que ele assiste repetidamente sobre a África, a Amazônia, sobre os lugares mais inóspitos e curiosos do mundo, no entanto, nada disto ele pôde ver pessoalmente, não por falta de oportunidade, mas simplesmente, por medo de avião.

Sempre que volto de alguma viagem vou levar as fotos e vídeos para ele ver, mostro os lugares que estive, as coisas incríveis que presenciei e que nenhuma foto, nenhum vídeo e nenhuma narração poderá expressar. Fico imaginando como ele ficaria eufórico, feliz e realizado em poder ver, como eu vi, a alguns metros de mim, um grupo de leões cercando um grupo maior ainda de búfalos em plena savana africana. Uma cena de Discovery Channel, mas registrada pela melhor máquina fotográfica do mundo.

Grupo de leões atacando um grupo de búfalos em Mpumalanga – África do Sul

Pessoas que tem medo de avião, de altura, de sair à noite, de dirigir etc, normalmente já possuem um arsenal de estatísticas e argumentos prontos para usá-lo quando são indagados sobre seus medos. Argumentos que não convencem nem quem os ouve e muito menos quem os fala, pois não existe nenhuma explicação racional para justificar algo imaginário, e o medo é apenas uma invenção da mente.

Algumas pessoas têm medo de sair da zona de conforto, de tentar algo novo, de mudar de carreira, de mudar de cidade, de sair ou de entrar em um relacionamento. Ao invés de dizerem que tem medo, dizem que estão pensando, analisando, estudando e que logo terão uma definição. Mas elas sabem que não estão fazendo nada disto e que estão apenas procrastinando uma decisão por puro medo de arriscar, medo de trocar o certo pelo duvidoso, medo de sair da zona de conforto, medo, simplesmente medo.

Quando falo de medo não estou me referindo à fobias ou traumas, situações onde o tratamento profissional é o adequado, mas me refiro ao medo que te impede de realizar algo que você deseja.

Eu confesso que tenho medo de altura, na verdade, mais do que medo, chego a passar mal e ter vertigens quando chego em algum lugar muito alto, no entanto, tenho desafiado cada vez mais meu medo, pois sei que as vistas mais lindas que já vi só foram possíveis do lugar mais alto que pude alcançar e eu escolhi ver as paisagens mais lindas do mundo com meus próprios olhos ao invés de me limitar a uma foto na tela do computador por puro medo.

Aquele pontinho amarelo neste paredão de 800 metros na Chapada do Guimarães sou eu.

Você sabe quais são os seus medos e os seus desejos e bem possivelmente já se encontrou gastando mais tempo procurando desculpas para justificar o seu medo do que em formas de superá-lo e conquistar seus desejos.

Existem diversas maneiras de se vencer um medo. Talvez o melhor caminho seja inicialmente você pensar que não é especial, você não é uma exceção. Todas as pessoas têm medo. A diferença é que algumas fazem o que querem, com medo mesmo, mas fazem. Enquanto outras param no medo, desistem, lamentam e as vezes até terceirizam a culpa de seu fracasso.

Se o teu medo é o de voar de avião, pense em quantos lugares incríveis do mundo você está deixando de conhecer por conta disto. Apenas no Brasil, 246 mil pessoas viajam todos os dias de avião. O que te faz diferente delas? Porque elas conseguem e você não?

Tente se imaginar fazendo aquilo que você tem medo, mas imagine-se sentindo prazer com isto. Se o seu medo é de saltar de paraquedas por exemplo, tente imaginar a sensação de liberdade, de voar, de se entregar para o mundo e de vê-lo de uma forma que poucos veem.

Não deixe que o medo te impeça de viver experiências, conhecer lugares, conhecer pessoas, melhorar de vida, melhorar de saúde, melhorar de carreira e conquistar seus sonhos. O medo é uma invenção da mente e é na sua mente que você deve vencê-lo. Mas você não irá vencê-lo com com desculpas mas sim com atitude! Você só irá convencer sua mente de que seu medo é irreal quando você fizer exatamente aquilo que tem medo e perceber que nada daquilo que sua mente te dizia fazia qualquer sentido.

Não procrastine seus desejos justificando com seus medos. Se tiver medo, vá com medo mesmo, mas vá! A vida é muito curta para ser mal vivida por conta de medos.







Veja primeiro minhas postagens. Clique no botão: