Ela me fez

Compartilhar no Whatsapp


Ela me fez trocar açúcar por adoçante, me fez usar quinoua ou aveia no lugar da farinha, a fazer receitas com frutas frescas ao invés de chocolate e me fez aprender a fazer e tomar sopa. Ela me fez diminuir o refrigerante e a substituir por suco natural e chá zero. Me fez tomar mais água, introduzir vegetais no almoço e comer pouco a noite. Ela fez eu mudar minha alimentação e, surpreendentemente, me fez gostar disto.

Ela me fez assistir menos televisão, me fez gostar mais de ler e de usar melhor meu tempo. Ela fez eu me aprofundar mais nos assuntos que eu já gostava só para resumir tudo para ela depois. Ela me fez ser menos online e mais real. Me fez mudar meus hábitos e minha rotina e, nem sei como, eu comecei a gostar disto tudo.

Ela me fez correr 2k, 5k e quando vi estava correndo 10k. Ela me fez ir para a academia, a cuidar mais do meu corpo e fazer tudo o que eu sempre achei chato. Eu nem cortava direito o cabelo, mas ela me fez ser mais cuidadoso com a estética, fiquei mais cheiroso e mais apresentável, e eu gostei mais de mim depois disto tudo.

Ela me fez trocar todas as minhas roupas, algumas eu até não queria, mas quando eu me dava conta ela já tinha doado e eu era obrigado a comprar outra. Não conseguia entender o gosto dela, mas quando comecei a receber elogios, entendi que ela tinha razão. Ela fez eu me vestir melhor e nem sei como eu achava que me vestia bem antes dela.

Ela me fez perder alguns medos, tabus e preconceitos. Me fez refletir sobre as pessoas, a não julgar e a olhar as pessoas além daquilo que elas aparentam. Ela me fez ser menos crítico e a perceber que minha opinião muitas vezes estava recheada de pré-julgamento. Ela me fez sair da bolha e só penso o quanto eu perdi por ter deixado isto acontecer só agora.

Ela me fez um apaixonado por viagens. Me fez dormir em hostel num quarto compartilhado, me levou a fazer trilhas, comer e beber coisas diferentes, experimentar aventuras, conhecer pessoas, lugares e viver a vida. Ela colocou rodinhas nos meus pés e me fez querer rodar o mundo. E fazer isto com ela tem sido uma das melhores experiências da minha vida.

Dizendo assim parece que ela me obrigou a fazer todas estas coisas, que foi imperativa, mandona e controladora. Mas não. Ela me fez querer fazer cada uma destas coisas por pura influência, pura referência e por incentivo que ela dava verbalmente ou por exemplo. Nada do que eu fiz ela me obrigou, fez chantagem ou me ameaçou, nada disto. Tudo o que eu fiz por perceber como ela era feliz fazendo estas coisas, e que ela queria que eu sentisse esta mesma felicidade que era proporcionada pelo estilo de vida que ela levava. Eu fiz por ela, por nós e principalmente por mim. Algumas mudanças foram drásticas e deliciosas ao mesmo tempo, outras sei que estão em processo, mas estou consciente de que estou no caminho certo.

Ela não me fez outra pessoa, ela apenas fez eu ser uma versão melhorada de mim mesmo, ou talvez a versão exata do que eu sempre deveria ter sido e que eu sempre quis ser, mas faltava um incentivo para sê-lo.

Ela me fez amar a vida, me amar e amá-la com leveza, com verdade, com profundidade. Ela me fez entender que para ela estar plenamente feliz eu também precisaria estar plenamente feliz, mas que para isto eu precisaria estar feliz comigo mesmo, e isto só dependia de mim e de mais ninguém. Ela me fez ser feliz, mas não exatamente ela quem fez, mas sim, ela me fez fazer isto por mim.

Ela me fez ser apaixonado pelo que sou hoje e por tê-la em minha vida e ela me fez querer isto para toda a vida. E neste último Dia dos Namorados sendo namorados eu só poderia dizer para ela:

Você me fez recomeçar, me fez acreditar, me fez viver. Você me fez ser o que eu sempre deveria ter sido: A melhor versão de mim. A versão que você fez, a versão que só existe com você.

Te amo, Feliz Dia dos Namorados







Veja primeiro minhas postagens. Clique no botão: